domingo, 16 de novembro de 2008

Quinta-feira, 29 de maio de 1930. À noite, na capela do Convento de Tuy, Irmã Lúcia de Fátima, fazia a Hora Santa, como de costume, das 23 horas até meia-noite, conforme solicitado pelo Sagrado Coração em Paray-le-Monial. Uma presença divina lhe revelou que existem cinco espécies de ofensas e de blasfêmias proferidas contra o Imaculado Coração de Maria: blasfêmias contra a sua virgindade; blasfêmias contra a sua maternidade divina, e a recusa em reconhecê-la como a Mãe dos homens; blasfêmias proferidas por aqueles que procuram colocar, publicamente, no coração das crianças, a indiferença ou o desprezo, o pouco caso, ou até mesmo o ódio para com nossa Mãe Imaculada; e as ofensas daqueles que a ultrajam, diretamente, nas imagens santas.

Eis porque, em reparação a estas cinco blasfêmias, contra Sua Mãe Santíssima, Nosso Senhor Jesus Cristo nos pede a devoção reparadora dos cinco primeiros sábados do mês, reivindicados por Ele e por Sua Mãe em 1925. "Eles querem dar a graça do perdão às almas que tiveram a infelicidade de ofender o Coração Imaculado de Maria, por meio desta pequena devoção", explica Irmã Lúcia. "A Santíssima Virgem prometeu às almas que fizerem esta reparação, nos cinco primeiros sábados de cada mês, que as assistiria na hora da morte, com todas as graças necessárias para que elas possam alcançar a salvação."

"A devoção consiste em receber a Santa Comunhão no primeiro sábado, durante cinco meses consecutivos, em rezar um Terço, em fazer companhia a Nossa Senhora durante quinze minutos, meditando os Mistérios de Rosário, e em se confessar, com a mesma intenção. A confissão pode ser feita antes do sábado."

Deixe um Comentário

- Copyright © Meu Imaculado Coração Triunfará -