terça-feira, 25 de novembro de 2008


Os fiéis sempre invocaram o nome de Maria com a esperança de que Ela os ajudasse a resolver seus problemas pessoais. Assim, esse título não é novo, pois a Mãe de Deus na liturgia romana tem sido denominada "Esperança dos desesperados". O mais antigo santuário de Nossa Senhora da Esperança de que se tem notícia é o da cidade de Meziéres, na França, construído no ano de 930. Depois dele vários outros foram erigidos, espalhando-se esta devoção por toda a Europa.Em Portugal, este culto desenvolveu-se muito na época das grandes descobertas marítimas, figurando-se entre os seus devotos o comandante Pedro Álvares Cabral, que possuía uma bela imagem da Padroeira em sua residência, trazendo-a consigo em sua feliz viagem às Índias.O Brasil foi portanto descoberto sob o olhar terno e protetor da Mãe da Esperança. Esta imagem histórica mostra a Virgem Santíssima como Menino Jesus sentado em seu braço esquerdo e apontando para uma pomba que repousa sobre o seu braço direito. Ela está atualmente na cidade de Belmonte, numa capela onde se diz ter sido batizado o descobridor do Brasil, e foi trazida novamente ao nosso país durante o Congresso Eucarístico Internacional do Rio de Janeiro, em l985.Nos tempos modernos, a devoção a Nossa Senhora da Esperança foi revivida em Saint Brieuc, na Bretanha, e espalhou-se de maneira excepcional após a aparição da Virgem Maria em Pontmain, nos dias terríveis da invasão prussiana, quando o inverno, a fome e a guerra se uniram para castigar o povo francês. Foram inúmeras as graças alcançadas no lugar onde Nossa Senhora apareceu às crianças e pouco depois ergueu-se ali uma bela Basílica, que foi entregue aos cuidados dos Padres Oblatos de Maria Imaculada.Que Nossa Senhora da Esperança, nos alcance a graça de viver da esperança cristã que Seu Filho nos traz. Sabemos em quem depositamos nossa esperança: no Senhor e na Senhora da Esperança.( Texto do livro "Invocações da Virgem Maria no Brasil" )

Deixe um Comentário

- Copyright © Meu Imaculado Coração Triunfará -