A CRIMINALIDADE AUMENTOU, A POLICIA DESANIMOU

*Pe. Gilberto Kasper A Igreja Santo Antoninho, Pão dos Pobres de Ribeirão Preto sofreu dois arrombamentos nas madrugadas de 16 e 17 de agosto de 2012. Além de profanarem o Templo, o Sacrário que guarda a Eucaristia reservada para os Enfermos e Pessoas Idosas, levaram toda a aparelhagem de som, cálices, ventiladores, tapetes e outros objetos litúrgicos. Nossa Igreja estava bem guardada. O acesso dos ladrões foi pela Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas, Casa da Amizade, ao lado da Santo Antoninho, tombada pelo CONPPAC, cuja segurança, segundo Dr. José Arnaldo Cione, o Responsável pelo Espólio do Patrimônio, é de responsabilidade do Poder Público. Após invadirem o Patrimônio Tombado e visivelmente abandonado há décadas, foi quebrado um vitral há doze metros do solo, por onde entraram os ladrões, saindo através do alto muro diante da Avenida Saudade, 222. Ninguém viu e nem ouviu nada, como de costume! O portão pelo qual adentraram os ladrões estava simplesmente escorado, sem fechadura travada com chave, nem mesmo cadeado. Um frágil tapume segurava fechado, aparentemente o portão. Tão logo constatada a invasão e o prejuízo, acionamos a Polícia Militar. Atendeu-nos com rapidez e solicitude o Soldado PM Trigo, que registrou um Boletim de Ocorrência no local. Orientou-nos que aguardássemos a Polícia Civil. Perguntado três vezes, se teríamos de procurar a Delegacia da Polícia Civil, respondeu que não: “...aguardem, porque nós mesmos mandaremos a Polícia aqui!” Depois de cinco horas de espera, fomos informados por telefone pela Atendente da Polícia Civil de que fomos mal orientados e que não constava nenhum registro de furto junto à mesma. O Soldado Trigo já nos desanimara, afirmando de que a lei protege os criminosos. Mesmo sendo presos em flagrante, saem da Delegacia antes dos Soldados. Já a Polícia Civil orientou-nos de que teríamos de registrar um segundo Boletim de Ocorrência e então aguardar a Polícia Técnica para a realização da Perícia. Mas a Atendente já nos adiantou, de que só há uma Viatura e dois Peritos à disposição da cidade de Ribeirão Preto e cidades adjacentes. Talvez demorassem a chegar para a necessária perícia. Contatamos o Governo Municipal, que prontamente enviou a Guarda Municipal. Os Guardas Municipais foram muito gentis e nos sugeriram que levássemos os objetos do Templo para nossa residência. Seria o procedimento mais adequado, porque eles não poderiam fazer nada a nosso favor. Tudo depende da Polícia Civil. Passados quatro dias, continuamos aguardando a Polícia Técnica, que além da perícia, teria condições de solicitar as fitas das câmaras instaladas na Lotérica próxima da Igreja e, que talvez tenha filmado a saída dos ladrões. Imaginamos que identificando os mesmos, esses pudessem identificar os receptadores dos objetos furtados. Não alimentamos a esperança de recuperarmos os objetos furtados. Sabemos que tal comportamento é consequência da Cultura da Sobrevivência que se impõe ao Brasileiro, bem como o acelerado aumento do consumo de drogas. Se a Polícia tivesse condições de prender os receptadores dos objetos furtados diariamente em nossa cidade, talvez os furtos diminuíssem. Mas tudo parece muito demorado. Temos a nítida impressão que enquanto a criminalidade aumentou, a Polícia desanimou nos últimos anos. Graças ao eco da Imprensa Escrita, Falada e Televisiva, bem como de muitas pessoas empenhadas pelo bem comum de nossa cidade, a Polícia Civil, Técnica e Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esteve em nossa Igrejinha no dia 21 de agosto e já iniciou as devidas investigações. Além de nossa mais profunda gratidão a todos, desejamos que consigam diminuir a cruel criminalidade em nossa amada Ribeirão Preto. *pe.kasper@gmail.com
A CRIMINALIDADE AUMENTOU, A POLICIA DESANIMOU A CRIMINALIDADE AUMENTOU, A POLICIA DESANIMOU Reviewed by Apostolos dos Sagrados Corações on sábado, setembro 01, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.