quarta-feira, 23 de agosto de 2017



Se você sabe alguma coisa sobre São Sebastião, provavelmente é por ver sua imagem distinta em alguma igreja mostrando ele cheio de flechas.

A partir daí, você poder ter achado que seu martírio se deu pelas flechadas. Mas não é. A história é muito mais incrível!

Sebastião era um soldado Romano do terceiro século que secretamente também era um cristão. A partir de sua coragem e de suas habilidades como soldado, rapidamente subiu de posição hierárquica. O que seus companheiros soldados pagãos não sabiam é que ele usava sua posição de influência para espalhar o evangelho e ajudar os cristãos perseguidos.

Certa vez, dois diáconos gêmeos em Roma, Marcus e Marcellian, recusaram oferecer sacrifícios aos deuses pagãos e foram presos. Quando seus pais foram visitá-los na prisão para tentar convencê-los a renunciarem ao Cristianismo, foram convertidos ao por Sebastião a seguir a Jesus! O filho do prefeito local também foi convertido por Sebastião.

É claro que, com coisas como essas, sua fé cristã não poderia permanecer secreta por muito tempo.

Finalmente, em 286 D.C., o Imperador Diocleciano ouviu falar da fé cristã de Sebastião e ordenou que ele fosse preso em uma estaca e atirassem nele com flechas.

E ele foi. Mas esse não é o final da história.

Acreditando que ele estava morto, os Romanos foram embora. No entanto, uma mulher cristã, Santa Irene de Roma, retirou seu corpo da estaca, ela descobriu algo surpreendente: Ele ainda estava vivo!

Então ela o levou para sua casa e cuidou dele até ficar saudável.

Quando estava forte o suficiente, Sebastião não se escondeu ou viveu uma vida quieta para evitar ser encontrado. Em vez disso, fez o que muitos santos fizeram: voltou à praça pública e começou a proclamar o evangelho.

E foi quando o Imperador Diocleciano ficou bastante impressionado. Quando estava passando por uma rua, o imperador ouviu um homem denunciando um cruel tratamento com os Cristãos. Quando olhou, era Sebastião, o próprio homem que ele viu morto, empalado com inúmeras flechas.

Em vez de ver isso como um sinal e se arrepender, o Imperador ordenou que Sebastião fosse morto de novo. O Santo foi espancado com tacos até os soldados terem a certeza que estava morto. E em vez de levarem seu corpo, o despejaram em um esgoto.

E desta vez, o santo morreu de verdade.

Ou seja, São Sebastião realmente sofreu flechadas, mas morreu a pauladas.

São Sebastião, rogai por nós!

via pt.chuechpop.com

Deixe um Comentário

- Copyright © Meu Imaculado Coração Triunfará -