terça-feira, 8 de agosto de 2017


As semanas passam tão depressa, levando com ela as nossas vidas. Quem dera você possa ter sempre tempo de louvar ao Pai da Vida os dias que passam. E pedir, em meio às vertigens de nossas preocupações e afazeres cotidianos, que nossas ações, palavras e pensamentos estejam regidos pela Vontade dos céus. Estas orações são para todas as muitas semanas que ainda haverão de passar pela sua vida:


PRIMEIRO DIA  -  O CORAÇÃO

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar o meu coração. Não este coração apegado às coisas do mundo, cheio de afazeres, aflições e preocupações cotidianas, não este coração do mundo. Eu consagro a Vós, neste dia, o coração que me destes, um coração de terra fértil para receber e fazer germinar as sementes do Vosso Amor. Que, no dia de hoje, o meu firme propósito seja o de transformar o meu coração em uma manjedoura pura e simples, bela e santa, onde o Vosso Infinito Amor possa encontrar abrigo e repouso.


SEGUNDO DIA  -  OS OUVIDOS

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar os meus ouvidos. Eles, sempre alertas para as vozes do mundo, me enchem das palavras, dos sons, dos gritos e do vozerio das vidas lá fora. Eu consagro a Vós, neste dia, meus ouvidos fechados ao mundo e abertos à Vossa Voz; que, no silêncio de alguns minutos ao longo deste dia, eu tenha o firme propósito de ouvir a Vossa Voz no íntimo do meu coração e possa transformar este silêncio de instantes numa oração que, sem tocar meus ouvidos, tenha a força de mil trombetas ressoando nos céus.


 TERCEIRO DIA -  OS PÉS

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar os meus pés. Sou como um andarilho sem rumo, perdido na selva de ruas e praças, dos atalhos e  estradas sem fim deste mundo. Eu consagro a Vós, neste dia, meus pés e meus passos firmes e decididos que rumam ao Vosso encontro. Que, no dia de hoje, o meu firme propósito seja o de ser peregrino das coisas do Céu,  tornando meus pés ágeis instrumentos de caminhada, a seguir fielmente os Vossos passos e que, assim, eles possam me conduzir pelas sendas do Caminho, da Verdade e da Vida Eterna.


QUARTO DIA -  A MENTE

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar a minha mente. Meus pensamentos viajam o mundo inteiro e minha imaginação constrói a toda hora castelos de areia e a utopia das glórias humanas. Eu consagro a Vós, neste dia, a minha mente e meus pensamentos em atos de louvor e glória ao meu Senhor e meu Deus. Que, durante várias vezes ao longo do dia de hoje, eu tenha o firme propósito de concentrar completamente os meus pensamentos em Vossa Santa Presença e ligar minha consciência de Filho de Deus à corrente de louvores e graças que se proclamam sem cessar, e por todo o sempre, à Vossa Glória em toda a Terra e nos Céus.


QUINTO DIA - OS OLHOS

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar os meus olhos. Não estes olhos acostumados a ver apenas a pintura dourada de coisas sem vida ou  hipnotizados pelas imagens foscas e distorcidas de filmes ou da televisão. Eu consagro a Vós, neste dia, meus olhos concebidos para contemplar as maravilhas do Vosso Amor, em cada um dos meus irmãos e em todas as obras de Vossa criação. Que, no dia de hoje, o meu firme propósito seja o de fechar os meus olhos aos prazeres e imagens do mundo e torná-los, verdadeiramente, espelhos de minha alma destinada a ser reflexo cristalino da Luz que emana do Vosso Amantíssimo Coração.


SEXTO DIA - A BOCA

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar a minha boca. Eu sei que, muitas vezes, minha boca tem sido instrumento de ofensas, de orgulho e vaidades, do julgamento fácil e de mentiras. Eu consagro a Vós, neste dia, minha boca fechada a toda palavra inútil, a toda voz de intolerância, cumplicidade ou agressão. Que, no dia de hoje, eu tenha o firme propósito de tornar a minha boca em um instrumento de retidão e amor cristão e que todas as palavras proferidas por mim, no dia de hoje, possam chegar sem reservas ao Vosso Imaculado Coração e possam ressoar sem ecos sobre todos os telhados do mundo.


SÉTIMO DIA - AS MÃOS

Hoje, meu Deus, eu queria Vos consagrar as minhas mãos. Não as minhas mãos de punhos fechados, não minhas mãos em gestos agitados, não minhas mãos em atitudes recriminadoras, não minhas mãos em poses camufladas. Eu consagro a Vós, neste dia, as minhas mãos abertas e estendidas, prontas para gestos concretos de perdão e de total doação. Que, no dia de hoje, o meu firme propósito seja o de transformar as minhas mãos em instrumentos de Vossa Misericórdia a todos os homens e que minhas mãos possam refletir, no dia de hoje, que minha alma está profundamente envolvida e amparada no abraço de Infinito Amor das Vossas Mãos.

Deixe um Comentário

- Copyright © Meu Imaculado Coração Triunfará -