quarta-feira, 23 de agosto de 2017




Presidente Prudente, 23 Ago. 17 / 06:00 pm (ACI).- Em resposta ao pastor que zombou da imagem de Nossa Senhora Aparecida, um sacerdote compartilhou com os fiéis em Missa no último domingo uma carta aberta em honra à Virgem Maria, Arca da Aliança, cujo vídeo já alcançou cerca de 500 mil visualizações nas redes sociais.

A carta foi lida pelo Pe. Fernando Henrique Guirado, na Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, em Presidente Prudente (SP), na Missa de domingo, 20 de agosto, quando a Igreja no Brasil celebrou a Solenidade da Assunção de Nossa Senhora.

O sacerdote se referiu ao vídeo que circulou na última semana nas redes sociais, no qual o pastor Agenor Duque comparou Nossa Senhora Aparecida a uma garrafa de coca-cola e proferiu insultos contra ela, chegando a incentivar as pessoas a jogá-la fora.

Entretanto, Pe. Fernando deixou claro em sua mensagem ao pastor que, “mesmo o senhor incitando o povo a jogar fora de casa a imagem de Nossa Senhora, tenho certeza que Maria jamais jogará o senhor para fora do coração dela, mesmo o senhor sendo um filho tão desajuizado e ingrato com a Mamãe do céu. Mamãe do céu, pastor, ama você”.

assista o video:

https://www.facebook.com/paroquiarainhadosapostolos/videos/1614188581984547/

O sacerdote assinalou que tem, sim, em sua casa uma “imagem da Mãe de Deus, enegrecida, com o título de Nossa Senhora Aparecida”. “Não é uma deusa – indicou –, é a Mãe de Deus. Não se parece em nada com a garrafa de coca-cola. Ela se parece sim com o capítulo 11, versículo 9 do Apocalipse de São João, Ela se parece com a Arca da Aliança”.

Frente à zombaria do pastor de que a imagem seria incapaz de ajudar, pois não consegue nem mesmo limpar o pó do próprio rosto, o padre esclareceu que quando se tem um retrato de uma pessoa em casa, aquela foto não é a própria pessoa, mas reporta a ela. O mesmo acontece com a imagem da Virgem Maria, que não é Nossa Senhora, mas remete a Ela e, por isso, “nós católicos tiramos o pozinho da nossa imagem com muito carinho”.

Além disso, ressaltou, “nós tiramos sim o pozinho do rosto dela, porque do ventre dela foi gerado Aquele que tira toneladas de pó dos meus pecados”.

Em seguida, frente à acusação de que a boca da imagem não fala e seu ouvido não escuta, Pe. Fernando recordou que “a boca de Maria não só falou, quanto proclamou, cantou as maravilhas que o Senhor fez na vida dela”.

No vídeo, o pastor Agenor ainda incentivou as pessoas a soltar a imagem “tão fraca” e ver que ela cairia. Mas, como sublinhou o sacerdote, no Magnificat, a própria Maria disse que “Deus olhou para a fragilidade dela, serva de Deus”. “Sabe, senhor pastor, Ela não vai cair e nem cairá, porque Ela está elevada, assunta ao céu de corpo e alma”, acrescentou.

Por fim, respondeu ao ataque do pastor, o qual incentivou a tirar a imagem do altar por cinco minutos, colocá-la no chão, desafiar Deus para que cure do câncer e jogar a imagem fora de casa.

Pe. Fernando recordou que “Maria só está nos nossos altares porque antes Ela esteve na história, no chão do nosso povo sofrido e oprimido”. Além disso, advertiu, “um filho de Maria jamais desafia Deus”, pelo contrário, pede com a humildade da Virgem e, “se Deus quiser curar o câncer, muito bem mas, se Ele não quiser, nós aprendemos com Maria a nos conformar com a vontade de Deus”.

“E termino dizendo: coca-cola a gente bebe, se for gelada com muito prazer; mas a Virgem Maria, a Arca da Aliança, a gente abraça e guarda no coração”, concluiu.

via acidigital.com

Deixe um Comentário

- Copyright © Meu Imaculado Coração Triunfará -